Dúvidas? Fale conosco agora mesmo:

+55 (27) 3362-1436 | +55 (27) 99509-6111 | atendimento@uniex.net.br

Franquia normal X reduzida: qual a diferença na hora de contratar um seguro auto?



Chegou o momento de contratar um seguro auto para o seu carro. Porém, ao buscar a melhor proteção, você se depara com a seguinte questão: franquia normal x reduzida, qual escolher? Conhecer as diferenças e entender a característica de cada uma delas torna sua decisão a mais acertada possível.

Apesar de terem algumas coisas em comum, a franquia normal e a reduzida também apresentam especificidades que se ajustam às necessidades de cada pessoa. Quer tomar a decisão correta neste sentido? Então, confira abaixo um artigo completo elencando qual a diferença entre a franquia normal ou reduzida na hora de contratar um seguro auto.


Características da franquia

Primeiramente, vamos entender como funciona uma franquia. Basicamente, estamos falando de um valor obrigatório mínimo, previsto na contratação, que o contratante precisará pagar caso haja algum sinistro parcial em seu veículo. O restante dos gastos com acidentes do gênero é pago, tanto pela seguradora quanto pelo segurado.

Franquia normal x reduzida

Na sequência, vamos abordar uma questão indispensável: o valor da franquia é inversamente proporcional ao valor do seguro auto. Quando uma é mais alta, outra tende a baixar – tudo de acordo com as especificidades da contratação dos serviços. Isso é indispensável para entendermos melhor a diferença entre franquia normal x reduzida.

Apesar de parecer um assunto complicado, torna-se simples ao entender qual a finalidade da contratação de cada cobertura do gênero. Assim, podemos definir:

Franquia normal

É um valor-padrão ou médio que se paga ao contratar essa modalidade em uma seguradora. Geralmente a franquia normal faz a pessoa pagar menos pelo seguro auto; em contrapartida, gastará mais em caso de sinistros.

Franquia reduzida

Aqui, inverte-se a questão da modalidade normal: paga-se menos, como o nome indica, pela franquia; mas, a pessoa terá um valor reajustado do seu seguro auto. Também não tem muitos detalhes que fujam da relação entre a apólice e a franquia.

Vamos apresentar um exemplo para elucidar a questão: quando a franquia normal tem um valor de R$ 2 mil, o preço do seguro tenderá a ser mais baixo, na casa dos R$ 1 mil. Contudo, em acidentes, o contratante da modalidade pagará mais, caso ocorra um acidente.

Já no caso da franquia reduzida, os valores podem ser invertidos: R$ 1 mil de franquia e R$ 2 mil de seguros. No entanto, em situações de sinistro, é possível “cobrir” o valor excedente da franquia por meio do seguro – o que não ocorre na modalidade normal.

Qual escolher na hora de contratar um seguro auto?

Depende muito. Comparar os preços, tanto da franquia (seja normal ou reduzida) quanto do seguro auto, é o primeiro passo – desde que haja uma cobertura clara e abrangente em contrato. Em termos práticos, a franquia reduzida poderá ser proporcionalmente mais barata; porém, caso o valor da franquia normal se aproxime, também deve ser analisada.

É importante destacar que a franquia é um complemento ao seguro (e vice-e-versa). Ou seja: um pode cobrir danos causados por acidentes por meio de reparos e consertos, enquanto o outro ajuda a cobrir pequenos gastos – ou os mais onerosos, como em caso de roubo ou furto do veículo.

Entre em contato conosco e solicite uma cotação de seguro para o seu automóvel sem nenhum tipo de custo!




Posts Relacionados

Pin It on Pinterest

Share This