Dúvidas? Fale conosco agora mesmo:

+55 (27) 3362-1436 | +55 (27) 99509-6111 | atendimento@uniex.net.br

Organizadores, produtores e promotores de eventos, desde o mais simples até o mais sofisticado, sabem em quantos detalhes é preciso pensar para que tudo saia de acordo com o planejado.  E, ainda assim, não é incomum que os imprevistos aconteçam, por mais que a equipe seja organizada e mantenha a atenção sobre tudo.

Incidentes envolvendo convidados ou funcionários que estão trabalhando no evento, danos a equipamentos durante sua montagem ou desmontagem, incêndios, não comparecimento de alguma atração ou fornecedor, ou até mesmo o cancelamento do evento em função de mau tempo estão na lista de situações inesperadas que podem ocorrer durante um evento.

Qualquer coisa que aconteça durante a realização de um evento é, por lei, responsabilidade de quem o organizou. Tendo essa questão bastante clara em mente fica bem fácil perceber a importância de contratar uma apólice de seguro para eventos.

Pensando nisso, cada vez mais o seguro para eventos vem despontando como uma proteção necessária. Afinal, a contratação de um seguro desse tipo é capaz de garantir tranquilidade para os organizadores e, ao mesmo tempo, segurança para todos os convidados e equipe responsável pela ação.

A contratação pode ser feita para eventos sociais, esportivos, técnicos, promocionais, religiosos em espaços abertos, semiabertos e fechados.

De maneira geral, existem dois tipos de cobertura de seguros para eventos. A primeira, conhecida como básica, refere-se à responsabilidade civil do organizador e do expositor (em caso de feiras e exposições). Garante, até o limite contratado na apólice, o pagamento de indenização a pessoas que venham a sofrer qualquer tipo de acidente durante a realização do evento.

Entretanto, apesar de a cobertura básica já trazer uma boa dose de tranquilidade à empresa no momento de organizar e promover um evento seguro, outros inúmeros tipos de imprevistos podem acontecer durante uma atividade desse tipo. Para cada uma delas, existem as chamadas coberturas adicionais.

A inclusão das coberturas adicionais é facultativa e cada uma das opções deve ser avaliada de acordo com as características e necessidades do evento.

Com a contratação de seguro para seu evento, você estará se prevenindo para que, caso incidentes aconteçam, você possa lidar com eles de maneira mais tranquila.

Se você deseja essa tranquilidade, entre me contato com nossos especialistas que estarão prontos para orientá-lo sobre as melhores opções de coberturas para seu evento.

PRINCIPAIS COBERTURAS

É extensa a lista de coberturas para amparar um evento.

Além da cobertura principal, de Responsabilidade Civil, que é uma proteção contra possíveis danos, tanto materiais quanto corporais, infligidos por pessoas, há diversas coberturas adicionais, dentre as quais estão:

  • Danos durante sua montagem, instalação, utilização, desmontagem e transporte;
  • Não comparecimento, atraso ou acidentes referentes ao fornecimento de comida e bebida;
  • Ações de danos morais;
  • Dano, furto ou roubo a veículos de convidados ou funcionários estacionados no local do evento;
  • Danos ao conteúdo do local;
  • Danos a prédios e construções de terceiros;
  • Não utilização do espaço do evento;
  • Danos a equipamentos em exposição;
  • Danos a equipamentos cinematográficos e musicais;
  • Subtração de valores de bilheterias;
  • Responsabilidade civil a pessoas designadas;
  • Acidentes pessoais;
  • Não comparecimento de palestrantes ou atrações;
  • Cancelamento do evento devido a fenômenos climáticos;
  • Explosões e incêndios;

Acidentes e intercorrências com fogos de artifício.

DÚVIDAS FREQUENTES

Ainda não, mas isso está prestes a mudar. Desde o acidente na boate Kiss em Santa Maria (RS), a preocupação com a segurança e a responsabilidade civil durante a realização de eventos é cada vez maior. Um projeto de lei complementar, em tramitação no Congresso Nacional, prevê a obrigatoriedade do seguro de responsabilidade civil de empresas, proprietários, promotores e organizadores de eventos.

Durante a produção de um evento, vários acontecimentos não previstos podem comprometer o projeto e gerar gastos adicionais e até mesmo prejudicar a reputação de sua empresa. Por esse motivo a contratação de um seguro deve fazer parte das providências prioritárias na organização de um evento.

O valor investido na contratação de seguros desse tipo é um gasto necessário frente aos riscos de que algo não previsto venha a ocorrer durante o evento.

Em caso de acidente, muitas vezes todas as empresas envolvidas no evento podem ter seu nome em uma ação judicial, seja você organizador, expositor, patrocinador ou até mesmo a sociedade envolvida no evento. Por isso o seguro para eventos pode ser contratado por qualquer uma das partes responsáveis.

Em caso de ação judicial, todas as empresas envolvidas no evento poderão ser citadas como “responsáveis” pelo dano, pois foram elas que subcontrataram estes fornecedores.

A vigência da apólice de seguros para eventos será durante a realização, podendo inclusive ser de apenas um dia. No entanto, é importante observar se haverá montagem e desmontagem de cenários e equipamentos que se darão antes de o evento começar, sendo finalizado, evidentemente depois do término do evento. Assim, essas datas deverão ser consideradas.

Além dos riscos excluídos nas Condições do Contrato de Seguro, geralmente não estão cobertos riscos que envolvam: raves; rodeio; parques de diversão; esportes radicais; competições com veículos a motor; evento em praça pública ou outro lugar onde não haja controle de entrada e saída de pessoas.

Pin It on Pinterest